Conheça-as-principais-duvidas-ligadas-ao-e-mail-marketing

Conheça as principais dúvidas ligadas ao E-mail Marketing

A prática do e-mail marketing sempre esteve carregada de muitas dúvidas. Reunimos aqui grandes dicas que irão ajudar você a lidar com muitos erros cometidos ao utilizar a ferramenta, e sanar suas principais dúvidas sobre o assunto.

Motivos que podem levar ao descadastro

motivos-que-podem-levar-ao-descadastro

Frequência

Você é do tipo que envia vários e-mails em um intervalo muito curto entre um e-mail e outro? Fique atento a esses deslizes, pois pode ser essa prática que faz com que muitos dos seus clientes não leiam seu conteúdo. Afinal, o destinatário, muitas vezes, nem se dá conta de digerir tanta informação enviada de uma só vez.

Relevância

O conteúdo dos e-mails que você envia é de interesse dos seus clientes? São conteúdos relevantes para seu público alvo?  É muito importante que o conteúdo enviado seja relevante para o destinatário, até mesmo para que seu índice de abertura aumente.

Caixa de entrada cheia demais

O descadastramento de alguns usuários para cancelarem o envio dos seus conteúdos, na maioria das vezes, se deve a quantidade de e-mails que essa pessoa recebe. Com uma caixa de entrada sempre cheia, eles acabam não tendo interesse em filtrar os e-mails mais importantes, e optam por não quererem receber mais seus e-mails.

Se cansou da sua marca

Em se tratando de publicidade, deve-se sempre haver inovação, criatividade, assuntos que chamem a atenção do leitor. Se não houver isso, seu cliente pode se cansar do seu produto ou marca. Ninguém se sente estimulado em abrir e-mails iguais sempre.

Enviar somente para vender

Receber ofertas é sempre interessante, porém nem sempre é válido enviá-las sem parar, já que ninguém compra o tempo inteiro. Sendo assim, inclua conteúdos diferenciados ou faça uma pesquisa com seus clientes para conhecê-los melhor, assim fica mais fácil de enviar conteúdo de acordo com o perfil de cada um.

Abuso da personalização

abuso-da-personalizacao

Conhecer seu cliente é um recurso interessantíssimo para conquistá-lo, no entanto, isso requer bastante cautela. Abusar no tratamento pode não ser legal!

Em uma compra via internet pode haver aquela pessoa que emprestou seu computador para um amigo ou familiar fazer uma pesquisa de preço, fazer compras ou até mesmo para abrir seus e-mails. É a partir daí que muitos consultores de marketing pecam, pois analisam o usuário que utilizou o dispositivo, e acabam abordando a pessoa errada. Dessa forma, é interessante que exista um monitoramento de perfil de uso e sua frequência, vale também estudar o cliente por meio de breves questionários, onde você vai estar interrogando-o sobre suas principais preferências e assim, coletando dados para que possa te ajudar a conhecê-lo melhor.

Não segmentar suas listas

nao-segmentar-suas-listas

A segmentação facilita sua relação com sua base de contatos.

A partir de cada envio que você fizer, tem-se a oportunidade de conhecer um pouco mais seu cliente. Quais seus interesses e práticas, e assim você vai criando um conjunto de características que, por sua vez, contribuirão para a segmentação, a exemplo de:

  • Diferentes tipos de produtos
  • Diferentes locais/mercados
  • Perfil de compra

Obs: Procure focar no seu usuário ao invés do seu produto, deixe que este busque informações sobre seu produto, caso contrário, você pode ter possíveis perdas de clientes.

Conteúdo

Conteudo

Invista em inbound marketing, porém respeitando os limites do cliente, ou seja, evite enviar conteúdo em excesso, e ofereça também algo que não seja só para vender, algum entretenimento, curiosidade, algo que distraia seu leitor. Essa será uma forma de se sintonizar com a pessoa que recebe seu conteúdo.

E para começar: Envie um e-mail caloroso de boas-vindas com agradecimentos por estarem em sua base de contatos. Lembrando que seja apenas um e-mail de receptividade, sem interesse em vender, pelo menos por enquanto. Aproveite também para dar informações sobre seu blog, rede social, endereços que o usuário poderá conseguir conteúdo do seu interesse.

Utilize “Call to action”, porém não se exceda

As CTA’s facilitam bastante na hora da venda, além de ser uma estratégia ótima para aumentar o tráfego do seu site, blogs ou da sua loja virtual. No entanto, não a utilize em excesso, isso só vai tornar o seu texto enjoativo, já que grande parte dos usuários não clicam em todas as CTAs.

A objetividade é um ponto a favor

Desde a chamada do e-mail você já tem que deixar claro qual a finalidade da sua mensagem. Isso diminui o índice de não abertura.

Seja sintético

Evite mandar mensagens longas! O texto fica enfadonho e nem sempre as pessoas têm tempo para lê-lo totalmente. Sem contar que muitos e-mails são abertos em dispositivos móveis, o que diminui o estímulo para a leitura. Sendo assim, seja sucinto ao máximo, de forma que sua clareza faça com que o usuário se interesse pelo que está lendo e chegue a acessar seu site ou loja virtual.

Fuja do ridículo, ortografia conta muito em um texto

Em meio a era das redes sociais, fazer bom uso do português em um texto seja ele qual for, é sinal de segurança para não cair na ridicularização nas mídias sociais. Lembre-se, que a consequência do seu conteúdo é vender! Se houver algum erro ortográfico em seus textos, a consequência pode não ser boa, e você pode ser lembrando não por sua marca, mas por fazer mau uso do português. Pensando dessa forma, é muito importante a revisão da ortografia antes que se publique qualquer conteúdo.

Engajamento

engajamento

Envie e-mails na medida certa, nem de mais, nem de menos!

Assim como o excesso de e-mail repercute em um ponto negativo, enviar poucos e-mails também pode ser prejudicial para o seu engajamento.  Encontre uma forma de descobrir qual a medida certa de envios para a sua base de contatos, e assim manter um bom engajamento com seus usuários de forma que sua marca não seja esquecida.

Crie conteúdos que repercutem nas redes sociais

É muito bom quando o seu conteúdo é aberto e lido, não é? E quando o usuário tem o interesse em compartilhá-lo para que outras pessoas tenham acesso? É melhor ainda! Mas para isso, é necessário que você abra vias para que isso aconteça. Permita por meio do próprio e-mail abrir canais que dão acesso ao usuário de propagar sua empresa, produto ou marca por meio de compartilhamentos nas mídias sociais.

O e-mail marketing quando utilizado de forma correta traz grandes benefícios para qualquer tipo de negócio. Saber investir e entender as suas principais práticas, poderão  trazer para você grandes vantagens. Se você quiser saber um pouco mais sobre dicas de bom uso do e-mail marketing, acesse nosso post: 5 dicas de investimento em e-mail marketing para PME.

 

 

 

 

 

 

 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *